Seguros de Saúde

Os seguros de saúde são muito procurados pelos portugueses e, por conseguinte, é um dos seguros do ramo não vida mais comercializados pelas seguradoras. Contudo, mesmo assim, muitas pessoas não estão familiarizadas com este tipo de seguros nem reconhece a sua importância.

A importância dos seguros de saúde

Dado o estado em que se encontra o serviço nacional de saúde, nem sempre é possível receber cuidados de saúde céleres, nem a atenção que as condições apresentadas geralmente requerem.

 

seguro-de-saude

 

Por outro lado, através da subscrição de um seguro de saúde, quer em caso de doença, quer em caso de acidente, é possível recorrer a um conjunto de clínicas privadas, de grande qualidade. Estas permitem-lhe receber a assistência médica que necessita, sem a necessidade de esperar muito tempo, com o acontece com as longas listas de espera no sistema público.

 

Principais coberturas e exclusões dos seguros de saúde

Se pretender subscrever seguros de saúde, é preciso ter em linha de conta que existem diversos tipos de coberturas que pode contratar e capitais, os quais influenciarão invariavelmente o valor do prémio a pagar, mas que também existem exclusões. Vejamos abaixo as mais importantes.

 

Principais coberturas >> Existem várias coberturas importantes que pode incluir no âmbito da sua apólice, embora possa sempre adicionar mais coberturas, como: hospitalização, pequenas cirurgias, consultas no domicílio, tratamentos, parto, doenças graves, entre outras. Além disso, pode optar por ter essas coberturas em território nacional ou extender as mesmas a território internacional, caso viaje com assiduidade.

Principais exclusões >> Naturalmente, existem também exclusões, sem as quais não conseguirá subscrever um seguro deste tipo. Entre as mais recorrentes encontramos: as doenças pré-existentes, drogas e problemas de saúde daí derivados, o alcoolismo e doenças resultantes dessa condição, aborto voluntário, entre outras situações.

 

Deve-se realçar que tanto as coberturas, como as exclusões, variam entre seguradoras, pelo que deverá verificar esse e outros aspetos com atenção na sua proposta de seguro.

 


planos-de-saude melhor-seguro-de-saude seguro-dentario
seguro-de-saude-multicare saude-adse seguro-de-saude-advancecare

Como subscrever seguros de saúde?

Para subscrever seguros de saúde, quer para si, quer para elementos da sua família, é essencial que se familiarize com os requisitos solicitados por cada seguradora para esse efeito, os quais podem variar. Por exemplo, muitas seguradoras optam por colocar um limite na idade para subscrever esse tipo de seguros, normalmente, na ordem dos 60 anos, que é um aspeto que se deve ter em linha de conta.

Partindo do pressuposto que preenche todos os requisitos necessários à subscrição de um seguro desta natureza, deverá deslocar-se a uma seguradora ou mediador que comercialize seguros do ramo não vida. Nesta altura, ser-lhe-á entregue uma proposta de seguro, bem como um questionário sobre a sua saúde, o qual deverá preencher de acordo com os seus dados e estado de saúde. Após o preenchimento, os dados presentes na documentação entregue serão devidamente analisados pelos serviços internos das seguradoras, os quais decidirão aceitar ou recusar o seu seguro baseados nos mesmos.

 


muitas seguradoras optam por colocar um limite na idade para subscrever um seguro de saúde

 


Naturalmente, se gozar de perfeita saúde ou apresentar um risco baixo para a seguradora, não existem razões para ver o seu seguro recusado, podendo começar a usufruir de toda a segurança e conforto que só um seguro deste tipo pode facultar.