Mediador de Seguros

queseguro.pt | Fevereiro 19, 2018

Para podermos falar do mediador de seguros ou corretora de seguros e, por conseguinte, para que possa perceber a atividade que a mesma exerce, devemos antes falar de outro conceito, nomeadamente a mediação de seguros. Isto porque a atividade de uma corretora ou corretor está abrangida por este conceito.

Como a atividade de mediação e as categorias dos mediadores, em particular a de corretor, quiçá a menos conhecida, pode dar azo a alguma confusão, neste artigo, procuramos explicar-lhe tudo o que precisa de saber sobre esta atividade, as suas categorias e qual é o principal tipo de mediador que encontra a exercer em Portugal.

 

mediador-de-seguros

 

A mediação de seguros

Se não está familiarizado com esta atividade, saiba que a mediação de seguros é uma atividade que pressupõe a apresentação de um contrato de seguro, a sua preparação, bem como apoio na gestão e execução do mesmo, em particular nas situações em que se registam sinistros e as coberturas ao abrigo do seguro são ativadas.

Ora, esta atividade, isto é, a atividade de mediação de seguros implica precisamente a existência de mediadores, que tanto podem ser pessoas individuais como coletivas, desde que estejam devidamente habilitadas para o efeito, no país em que exercem tal atividade.

As categorias do mediador de seguros

Para que possa saber quem pode exercer a atividade de mediação de seguros, importa conhecer as categorias dos mediadores. Nessa ótica, podemos distinguir na prática quatro tipos de mediadores de seguros, se quisermos chamar assim, nomeadamente:

  • Agente de seguros;
  • Corretor/corretora de seguros;
  • Mediador de seguros ligado;
  • Mediador de resseguros.

Ao abrigo deste artigo, no entanto, por uma questão de claridade, vamos abordar somente a atividade da corretora de seguros, ou corretor de seguros, como preferirmos designar a atividade destes mediadores de seguros.

O que é o corretor / corretora de seguros?

Portanto, trata-se do mediador que faz a ligação entre os tomadores de seguros e as mais diversas seguradoras com quem trabalha. Ao contrário de um agente, que pode eventualmente exercer a sua atividade em regime de exclusividade com uma seguradora (agentes exclusivos), a corretora / corretor de seguros trabalha sempre com várias seguradoras. Por isso, pode celebrar contratos em nome das mesmas, desde que esteja naturalmente autorizado para esse efeito pelas seguradoras em questão.


cabe ao corretor preparar a concretização de contratos e prestar assistência aos tomadores, podendo ainda, ao abrigo das suas funções, fazer consultoria, realizar estudos e, também, emitir pareceres técnicos


Em termos de atividade propriamente dita, cabe ao corretor preparar a concretização de contratos e prestar assistência aos tomadores, podendo ainda, ao abrigo das suas funções, fazer consultoria, realizar estudos e, também, emitir pareceres técnicos. Mesmo assim, os corretores de seguros podem trabalhar diariamente junto dos próprios tomadores ou, em alternativa, através de agentes.

 

Em Portugal, contudo, analisando o número de mediadores inscritos, constatamos que existem poucas corretoras de seguros, sendo o mercado dominado essencialmente pelos agentes de seguros. Por isso, da próxima vez que entrar no escritório de um mediador de seguros para subscrever uma determinada apólice, do seu seguro automóvel ou outra, saiba que é muito provável que esteja a lidar com um agente de seguros e não propriamente com um corretor ou corretora de seguros.

 


O portal www.queseguro.pt nasce da necessidade cada vez mais forte de encontrar um seguro adequado para as necessidades e orçamento de cada um.